5 Etapas para Preparar seu Software para a Localização

 

O mercado de tecnologia de hoje abrange muito mais do que apenas a América do Norte e a Europa. As economias emergentes da América do Sul, Ásia e África mudaram o mercado de software e seus consumidores esperam e exigem produtos e serviços adaptados às suas necessidades linguísticas e culturais. A incapacidade de satisfazer essas necessidades prejudica a competitividade do seu produto e, em muitos casos, permite que outras empresas assumam o seu lugar no mercado.

great tips to prepare your software for localization localização 5 Etapas para Preparar seu Software para a Localização mundo brasil 300x225

Uma localização adequada ajuda seu produto a satisfazer essas necessidades. No entanto, a localização envolve mais do que apenas contratar uma boa empresa de tradução. Ela envolve planejamento ao longo do desenvolvimento do seu produto, levando em consideração elementos de design e um esforço conjunto de toda a equipe. Seguir as 5 etapas a seguir, irão ajudá-lo a manter seus esforços de localização no caminho certo e garantir que o processo seja o mais fácil possível.

  • Comece cedo

Comece a preparar seu produto para a localização assim que você identificar quais serão seus principais recursos e os mercados-alvo. Mesmo não identificando claramente onde você planeja lançar seu produto, ainda é uma boa ideia garantir que as equipes de desenvolvimento e design considerem a localização ao criar a interface de usuário. Em outros idiomas palavras podem ser até 50% mais longas ou mais curtas quando traduzido, então elementos como caixas de texto, janelas de diálogo e menus devem ser dimensionados para acomodar tanto as palavras mais longas quanto as mais curtas.

Deixar o processo de localização para o último minuto também pode aumentar o tempo de desenvolvimento e os custos de localização. Qualquer que seja seu fluxo de trabalho, um bom parceiro de localização trabalha com sua agenda para fornecer suporte constante na tradução e localização do seu conteúdo. De fato, o envolvimento de uma empresa de localização no início do processo de desenvolvimento melhora o resultado final porque a empresa tem tempo para conhecer sua equipe e entender seu produto. Além disso, muitas empresas de localização cobram mais caro – até o dobro – para projetos com prazos curtos. Esperar até que seu produto esteja pronto para dar início ao processo de localização pode atrasar seu lançamento e estourar o orçamento.

  • Desenvolva seu próprio estilo

Depois de todo o tempo investido no desenvolvimento e na imagem de seu produto, o estilo do texto do software não pode ficar para trás. Questões como letra maiúscula e minúscula ou sintaxe inconsistentes podem ser uma distração para os usuários, fazendo com que eles não entendam o conteúdo. Para alcançar um estilo uniforme em todo o seu software, você precisa delinear regras a serem seguidas – quando usar letra maiúscula e minúscula, escolha de sintaxe e etc., em um guia de estilo.

Por sorte, a maioria das regras descritas em um guia de estilo podem ser aplicadas em vários idiomas. Algumas línguas, no entanto, podem tornar certas regras obsoletas. Idiomas como coreano, japonês e chinês não exigem regras para uso de letras maiúsculas ou minúsculas. Antes de contratar um provedor de localização, certifique-se de que ele tem os recursos necessários para criar guias de estilo para todos os idiomas de destino.

Além do texto, os designers também devem considerar os ícones e as imagens para garantir sensibilidade e relevância cultural. Por exemplo, alguns usuários podem não estar familiarizados com as caixas de correio usadas na América do Norte ou se ofenderem com algum símbolo estrangeiro. Mesmo assim, alguns ícones como o do hambúrguer e o ícone de salvar (disquete), alcançaram relevância transcultural e podem ser usados em diferentes idiomas.

  • Formatar e isolar texto

Você deve garantir que todas as sequências de texto usem a codificação de caracteres Unicode. O Unicode permite a transferência mais fácil para idiomas que não usam caracteres romanos e lida com a maioria dos sistemas de escrita do mundo. Implementar o Unicode depois de escrever o código é uma tarefa difícil e demorada, por isso é uma boa ideia implanta-lo antes de escrever a primeira linha de código. Em poucas ocasiões em que o produto não suporta o Unicode, talvez seja necessário usar uma habilitação DBCS ou bidirecional (BiDi), troca de página de código ou marcação de texto.

Além de usar a codificação Unicode, você também deve isolar todas as cadeias de texto de destino no código-fonte do projeto. Os programadores devem colocar todas as cadeias de destino em arquivos de recursos, arquivos de mensagens ou um banco de dados privado. No entanto, esses arquivos de recursos não devem incluir strings que não serão localizados. Tais devem permanecer como strings constantes no código fonte. Isolar as cadeias de localização dessa maneira, garante que todo o texto esteja localizado de acordo com as regras de estilo da sua empresa e permite que seu software troque de idiomas com mais facilidade.

  • Minimizar problemas de formatação

Ao criar seu software, você deve considerar a variedade de problemas de formatação que podem surgir devido a diferenças nas convenções usadas para endereços, moeda, datas e números de telefone. Para melhorar a experiência do usuário, os espaços a serem preenchidos por eles, onde se inserem esse tipo de informação precisam acomodar vários comprimentos e caracteres. Por exemplo, os códigos postais no Canadá são uma mistura de seis letras e números, enquanto que os do Brasil usam apenas oito números. Assim, um produto destinado a ambos os países deve acomodar os comprimentos e tipos de caracteres relevantes para ambos. Implementar tais mudanças após a liberação do software requer investimentos adicionais de desenvolvimento e testes de bugs e podem demandar recursos que não estão mais disponíveis (como o programador original).

Os desenvolvedores também devem levar em consideração a formatação. Em alguns países, como o Japão, os endereços não têm nomes de ruas, mas sim de distritos e blocos. No software lançado nesses países, a parte do código que analisa endereços para armazenamento em um banco de dados ou para impressão em etiquetas de transporte deve ser capaz de processar esses endereços. A falta de tal pode resultar em custos adicionais de envio de mercadoria para endereços incorretos ou clientes insatisfeitos devido ao recebimento tardio.

  • Reutilizar conteúdo de ajuda

O conteúdo de ajuda, seja na forma de dicas de uso, na documentação da API ou em um manual a moda antiga, é parte integrante para tornar seu produto fácil de usar e garantir que os usuários estejam satisfeitos com sua experiência. No entanto, o conteúdo de ajuda também pode consumir rapidamente seu orçamento de localização se for gerenciado incorretamente. A maioria dos profissionais de localização cobra por palavra, de modo que a localização de frases complexas e informações redundantes custa muito mais do que a informação de fato vale. Mantenha o conteúdo de ajuda simples e curto para obter o maior retorno em seu investimento de localização.

Além disso, a maioria das empresas de localização cobram apenas pela primeira vez que uma sequência de caracteres é traduzida. Assim, sempre que possível, os desenvolvedores devem se esforçar para reciclar essas sequências para assim aumentar a disponibilidade de informações sem elevar os custos de localização. Por exemplo, a frase que representa um recurso no manual pode ser usada como uma dica de uso, que aparece quando um usuário paira sobre o ícone desse recurso e a seção do manual pode ser reutilizada na ajuda da web. Essencialmente, isso permite que você forneça conteúdo de ajuda em três lugares pelo preço de um sem afetar negativamente a informação fornecida pelo conteúdo da ajuda.

Seguir estas 5 etapas simples durante o desenvolvimento de seu software diminui consideravelmente seu tempo de desenvolvimento e o custo de sua localização. Assim você terá o melhor produto possível para cada mercado-alvo. Para mais informações sobre como preparar seu software para localização, consulte a Magma.